segunda-feira, 11 de Agosto de 2014

Solha na Actifry com Pimentos Padron e Salada de Couve Roxa

Boa noite.
O meu ultimo cabaz Prove vinha carregadinho de produtos horticulas maravilhosos, como já é habitual.
Como nas últimas semanas estou a trabalhar na filial da empresa, tenho almoçado fora preparei e congelei o mais que podia dos produtos, para que nada se estrague. Infelizmente no restaurante, a comida é sempre na base dos fritos e coisas com muita gordura e por isso ao jantar abuso dos vegetais e saladas.
Esta foi um desses jantares, com muito pouca gordura e  muito sabor.

Solha na Actifry com Pimentos Padron e Salada de Couve Roxa
2 Postas Solha
Sal
Sumo Limão
1 Ovo
Farinha
Pão Ralado
Pimentos Padron
1 dente Alho
Couve Roxa
Cebola Roxa
Vinagre Espumante
Azeite

Temperar as postas (descongeladas) com sal e sumo de limão.
Deixar marinar pelo menos 30 minutos.
Cortar a couve roxa em juliana e a cebola em gomos.
Colocar numa taça e temperar com vinagre.
Reservar.
Passar as postas por farinha, depois por ovo e por fim pão ralado.
Colocar no tabuleiro da Actifry 2 em 1 e pulverizar levemente com oleo em spray.
Colocar na cuba os pimentos padron, o dente de alho laminado e meia colher medida de azeite.
Colocar o tabuleiro e programar 4 minutos.
Virar as postas e programar mais 4 minutos.
Retirar o tabuleiro e programar 2 minutos para tostar os pimentos.
Na hora de servir temperar a salada com sal e pimenta e salpicar os pimentos com sal grosso.
Verter sobre a salada e os pimentos o azeite aromatizado que fica na Actifry.



Não tendo actifry, a solha pode ser preparada da mesma forma no forno, ou caso prefiram, frita.
Boa semana.
Beijinhos

domingo, 10 de Agosto de 2014

Mini Tartes Crocantes de Abacaxi

Boa tarde.
O abacaxi é uma das minhas frutas preferidas e nesta altura sabe especialmente bem numa sobremesa fresca. Havia na fruteira uma abacaxi cujo aspeto já não dava muito por ele mas cujo aroma enchia a casa.
Uma rodelas para sobremesa do almoço de ontem e o restante transformou-se num delicioso curd. Usei parte para estas delicias e o restante está religiosamente guardado num frasquinho no frigorifico.

Mini Tartes Crocantes de Abacaxi
4 Folhas de Massa Filo
1 c.sopa Manteiga derretida
Açucar

Curd de Abacaxi
2 chav. Abacaxi em pedaços
4 gemas Ovo
2 c.sopa Maisena
1 c.sopa Manteiga
1 c.cha Pasta Baunilha (ou essencia)

Colocar o abacaxi, as gemas e a maisena no copo da bimby e programar 10 seg / vel 9.
Com a espatula, baixar a mistura das paredes do copo.
Colocar o cesto sobre a tampa, em vez do copo medida, e programar 10 min / 90º / vel. 4 / Inversa.
Terminado o tempo juntar a manteiga e a pasta de baunilha. Programar 1 min / vel. 2.
Retirar para uma taça e deixar arrefecer completamente, colocando na superficie pelicula aderente para evitar ganhar crosta.

Modo tradicional:
Triturar os ingredientes no liquidificador e colocar num tachinho.
Levar ao lume sem parar de mexer até engrossar.
Juntar a manteiga e a pasta de baunilha e deixar arrefecer completamente.


Estender uma folha de massa filo, pincelar com manteiga derretida e polvilhar com açucar (muito pouco).
Repetir até colocar a ultima folha.
Cortar no tamanho das formas que pretende usar.
Forrar as formar e levar ao forno aquecido a 180º por 15 minutos.

Deixar arrefecer completamente e rechear com o curd de abacaxi.
Polvilhar com açucar e queimar cuidadosamente com um maçarico de cozinha.


Não usei açucar no curd porque o abacaxi era doce e gosto dos curd´s um pouco acidos.
O curd pode ser guardado durante um mês no frigorifico (se conseguirem resistir).
Um doce domingo.
Beijinhos


domingo, 3 de Agosto de 2014

Salmão Balsamico com Couscous de Tomate Seco e Azeitonas

Bom dia.
Depois do dilúvio de ontem o sol já espreita de novo. Apesar deste tempo incerto as temperaturas têm-se mantido amenas e as saladas são a prioridade na cozinha. Se bem que sou um pouco estranha e não tendo que agradar a ninguem às refeições, como o que me apetece, sejam saladas e gelados no inverno ou assados e sopas quentes no verão. 
O importante é que me saiba bem.

Salmão Balsamico com Couscous de Tomate Seco e Azeitona
1 Suprema de Salmão
1 c.sopa Vinagre Balsamico
1 c.cha Mel
Sal
Pimenta
1 chav. café Couscous
1 1/2 chav. café Caldo Legumes
4 Azeitonas
1 Tomate seco em Azeite
1 Cebola roxa pequena
Azeite
Zahtar
Sementes Sesamo e Nigella

Colocar os couscous numa taça, juntar o caldo de legumes.
Mexer bem e tapar com pelicula aderente ou um prato durante 10 minutos.
Temperar o salmão com sal e pimenta.
Misturar o vinagre balsamicom com o mel e um fio de azeite.
Barrar o salmão com o preparado e colocar na actifry (ou forno aquecido a 180º) por 5 minutos.
O tempo varia conforme a espessura do peixe.
Escorrer o tomate seco e cortar em pedaços pequenos juntamente com as azeitonas descaroçadas.
Destapar os couscous e soltar os grãos com um garfo.
Juntar o tomate, as azeitonas e a cebola às rodelas.
Temperar com zahtar e um pouco azeite. Envolver bem.
Servir os couscous e o salmão salpicados com as sementes.

Bom domingo.
Beijinhos

quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Gnocchis Crocantes com Morcela, Chouriço e Broculos

Boa noite.
Numa das ultimas idas ao supermercado trouxe gnocchis. Normalmente faço-os eu mas até gostei da textura e sabor destes.
Foram perfeitos para um dia em que cheguei a casa estourada e com  fome. Em poucos minutos permitiram uma refeição muito saborosa e um tanto calórica, mas nesse dia eu estava mesmo a precisar.

Gnocchis Crocantes com Morcela, Chouriço e Broculos
1 chav. Gnocchis de compra
2 Floretes Broculos
2 rodelas Morcela
2 rodelas Chouriço Colorau
2 Tomates Cherry
1 Malagueta pequena
1 dente Alho
1 c.sopa Manteiga
Queijo Grana Padano

Aquecer uma panela com agua e sal.
Cortar os broculos em pedaços, as rodelas de enchidos e os tomates em quartos.
Laminar o alho e a malagueta (usei com sementes porque gosto do picante).
Quando a agua ferver, juntar os gnocchis e retirar com uma escumadeira assim que vierem à superficie.
Escaldar os broculos por um minuto. Escorrer e reservar.
Escorrer num passador de rede.
Num Wok ou frigideira antiaderente, colocar metade da manteiga e deixar derreter.
Quando começar a escurecer juntar os gnocchis escorridos e deixar tostar até estarem crocantes.
Sacudir de vez em quando para dourarem por todo.
Retirar e reservar.
Juntar ao wok a restante manteiga e um fio de azeite e deixar aquecer bem.
Adicionar o alho e a malagueta e saltear alguns segundos.
Juntar os enchidos e saltear até tostarem.
Adicionar os broculos e os tomates e saltear dois minutos.
Juntar os gnocchis e envolver.
Servir polvilhado com queijo ralado na hora.

Beijinhos

terça-feira, 29 de Julho de 2014

Lasanha de Camarão

Boa tarde.
Devem pensar que estou doida... Com o calor que tem estado só tenho trazido receitas de forno.
Na verdade nem todas foram feitas agora mas quando estou mais cansada ou quando tenho muita coisa para fazer, independentemente do calor, uso o forno. Na hora até pode ser mais quente mas com uma salada e uma bebida fresca sabem sempre bem e aproveito sempre o que sobra para saladas mais elaboradas ou sandes. 
Esta receita, retirei da Teleculinária nº 1836 e apesar de menos bonita que a da revista estava deliciosa.
Das revistas que recebo semanalmente (obrigado mais uma vez à Teleculinária pela oferta) tenho muitas receitas marcadas para experimentar e outras já para irem sendo publicadas. O resultado é sempre o mesmo, delicioso.

Lasanha de Camarão
400 gr Miolo de Camarão
4 folhas de Lasanha frescas
Queijo Mozzarella ralado
50 gr Polpa Tomate
1 Cebola
2 dentes Alho
1 folha Louro
Molho Bechamel
50 ml Vinho branco
Azeite
Sriracha (ou outro molho picante)

Aquecer o forno a 180º.
Descascar e picar a cebola e os dentes de alho.
Aquecer um fio de azeite num frigideira e alourar a cebola, os alhos com a folha de louro.
Adicionar a polpa tomate, a sriracha e os camarões.
Deixar alourar e refrescar com o vinho branco.
Cozinhar por 7 minutos.
Escaldar as folhas de lasanha.
Num prato fundo colocar uma folha de lasanha e por cima, um terço do preparado de camarão e por cima do camarão uma colher de sopa de molho bechamel.
Repetir a operação até acabarem os ingredientes.
Sobre a ultima folha de lasanha espalhar uma colher sopa de bechamel e polvilhar com queijo mozzarella.
Levar ao forno o tempo necessario para cozinhar a massa (ver instruções da massa usada).



Beijinhos

segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Perna Peru no forno com Uvas

Boa noite.
A sugestão que trago hoje foi retirada da ultima edição da revista Sabe Bem do Pingo Doce. São várias as  receitas que quero experimentar e calhou ter em casa umas pernas de peru. Comecei por esta. Diminui ao mel e não usei amendoas porque só tinha moídas.
Apesar de adocicado (as uvas tambem eram muito doces) gostei do resultado.

Perna Peru no Forno com Uvas
2 Pernas Peru pequenas
2 Astes Tomilho
4 folhas Salva
2 Dentes Alho
1/2 Limão (raspa)
1/2 Laranja (raspa)
1 c.chá Sal
Pimenta
1 c.sobremesa Mel
1 c.sopa Mostarda Paladin
2 c.sopa Azeite
200 gr Bago de Uva
0,5 dl Vinho Branco


Aquecer o forno a 180º.
Picar as ervas aromaticas, juntar o alho esmagado, as raspas de limão e laranja, o sal e a pimenta.
Triturar bem até obter uma pasta.
Adicionar o mel e a mostarda e misturar bem.
Esfregar bem as pernas de peru com a mistura.
Aquecer o azeite num tacho e alourar as pernas por todos os lados.
Retirar e colocar no ultrapro da Tupperware ou num tabuleiro.
Juntar ao tacho onde a carne foi alourada o vinho e raspar bem com sucos com uma colher de pau.
Deixar levantar fervurar e reduzir um pouco.
Colocar as uvas junto com as pernas de peru e regar com o molho de vinho.
Fechar com a tampa ou tapar com folha de aluminio.
Levar ao forno por 60 / 75 minutos, destapar e deixar tostar.
Servir com arroz branco ou batata cozida.


Beijinhos.

domingo, 27 de Julho de 2014

Bolo Limão com Cream Cheese

Bom dia.
Hoje trago o bolo que fiz para festejar o aniversario do meu irmão. Um bolo simples com o aroma fresco do limão e a doçura das cerejas.

Bolo Limão com Sementes Papoila
1 chav. Açucar
Raspa de 2 Limões
3 Ovos
1 c.chá Pasta de Baunilha
1/2 chav. Buttermilk (1/2 chav leite + 1 c.chá vinagre branco)
3 c.sopa Sumo Limão
2 chav. Farinha
1 c.chá Fermento
1 c.café Bicarbonato Soda
1 pitada Sal
1 c.sopa Sementes Papoila
1/2 chav. Margarina derretida

Aquecer o forno a 180º.
Untar e polvilhar a forma e reservar.
Numa taça misturar o açucar e a raspa de limão até obter uma mistura semelhante a areia humida.
 Juntar os ovos e a baunilha e bater bem.
Num copo medidor juntar o buttermilk e o sumo de limão. Reservar.
Noutra taça peneirar a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal.
Juntar à mistura de ovos os ingredientes secos alternando com os liquidos.
Envolver as sementes de papoila e a margarina derretida.
Verter a massa na forma e levar ao forno cerca de 50 minutos ou até o palito sai seco.

Recheio e Cobertura
1 embalagem Queijo Creme
2 c.sopa Margarina amolecida
1 c.chá Pasta Baunilha
1/2 chav. Açucar em pó

Colocar todos os ingredientes na batedeira e bater até obter uma mistura leve e fofa.

Para este bolo dupliquei as receitas.
Colocar um bolo no prato de servir e barrei com o cream cheese. Espalhei cerejas descaroçadas e coloquei o outro bolo por cima.
Cobri com o restante creme e decorei com cerejas com pé e caroço.


Um doce domingo.
Beijinhos